FacebookFinnishEnglishEstonianEspanjaPortugali

Viagem épica pela ferrovia transiberiana

Então quer perder toda a semana no trem? É verdade que o tempo não é recuperável, mas é muito provável que não vais querer trocar está semana que vais perder viajando pela ferrovia Trans-Siberiano paisagens em mudança, várias estações de trem no leste da Sibéria e no extremo Oriente. Também é uma ótima oportunidade para relaxar e esquecer tudo de estressante em nossas vidas hoje em dia, boa companhia de outros viajantes etc.

Viajando pela ferrovia Transiberiana o importante não é chegar rápido ao destino final o importante é a viagem em si. Se o importante fosse só chegar em Vladivostok ou Pequim poderia pegar um avião. Certamente o faríamos na correria do nosso dia a dia. Mas o importante é viver o agora e desfrutar cada momento não nos interessa chegar rápido ao destino final… E então como é que é? Chega de conversas e vamos pegar o comboio.

Gabine segunda classe

 

Gabine segunda classe

 

En el pasillo del tren  se puede caminar y disfrutar los paisajes

Estação de trem na cidade Belogorsk

 

 

Estação de trem na cidade Belogorsk

 

 

Fotos das paisagens tiradas da janela do comboio

 

 

Fotos das paisagens tiradas da janela do comboio

 

 

 

Moscou

A viagem pela ferrovia Transiberiana começa em Moscou. Desde Moscou se pode viajar directamente a Vladivostok o Pequim sem trocar de comboio. Tendo chegado a Moscou vindo de tão longe vale a pena ficar uns dias e visitar alguns de seus museus que são conhecidos por todo o mundo.

Em Moscou se pode caminhar pela famosa rua pedonal que se chama ”Velho Arbat”

 

Velho Arbat

 

 

Obras de arte do século XX na galeria de Tretyakov. Os quadros apresentam o grande líder soviético Josif Stalin.

 

 

Yekaterimburgo

 

A cidade de Yekaterimburgo costumava ser chamada de Sverdlovsk durante a época soviética. Ali os bolcheviques mataram o Czar Nicolau II e sua família no ano 1918. A casa onde o crime ocorreu não existe mais construíram uma igreja Ortodoxa e o Museu onde se pode ver as coisas pessoais e fotos da família de Czar. A antiga casa foi derrubada na época soviética no ano 1977. Yekaterimburgo está situada na fronteira da Europa e Ásia, aqui termina a Europa e começa a Ásia. As ruas de Yekaterimburgo tem nomes soviéticos e monumentos de Lenin que se encontram firmemente no centro da cidade.

 

Rua de Lenin no centro de Yekaterimburgo

 

 

Monumento de Lenin em Yekaterimburgo

 

 

Em vez da casa onde assassinaram a família de Czar hoje em dia é a igreja Ortodoxa

 

 

Monumento na fronteira entre Europa e Asia

 

 

A cidade Irkutsk e o lago Baikal


Cada passageiro que esta viajando pela ferrovia Transiberiana tem que descer do comboio e visitar o lago Baikal. Existe ainda a possibilidade de viajar pela antiga linha ferroviária com o comboio especial que está saindo varias vezes por semana. Do comboio você pode desfrutar de uma vista inesquecível do lago Baikal. A viagem dura 12 horas e termina na cidade de Irkutsk.  A agua do lago é bastante fria, mas por vezes em Agosto e Setembro se pode nadar no Lago mais profundo do mundo. Pelo lago Baikal você tem que experimentar o peixe chamado Omul ele vive somente no lago Baikal.

Centro da cidade de Irkutsk

 

 

 

Lago Baikal

 

Lago Baikal e a antiga linha ferroviária


Ulan-Ude

A Rússia é tão grande que alguns lugares do próprio país é como se estivesse passando por outros países distintos. A República de Buryatia que fica perto da fronteira com a Mongólia parece como se nada tivesse mudado ali desde o ano 1985. Escudos soviéticos, monumentos, ruas e estradas com nomes soviéticos por todos os lados. Me dava uma sensação nostálgica porque eu mesmo nasci na União soviética, mas acredito que é por esse motivo que estamos viajando, para visitar diferentes lugares e ter sensações inesquecíveis. A República da Rússia tem muito a oferecer entre outras coisas temos os mosteiros e os templos budistas além do mais a Rússia é um República da religião budista. Ulan-Ude é uma bela cidade com suas ruas pedonais fontes, restaurantes e lojas. O escritor russo Anton Pavlovič Čehov que viveu em Ulan-Ude a chamava "bela cidade pequena"

 

Tenho entendido que a época soviética foi para a república de Buryatia uma época de autonomia, desenvolvimento económico e bem estar que esta republica nao havia disfrutado antes e durante a época dos Czares. Em todos os casos as pessoas de Buryatia estão deixando a época soviética, mas ainda é muito admirado o grande líder dos bolcheviques Vladimir Lenin, o seu monumento famoso está localizado no centro de Ulan-Ude e é a maior cabeça de Lenin do mundo. Pois eles têm razão, foi Lenin mesmo que concedeu a autonomia e mais liberdade para essa região. Alguns acreditam que os antepassados de Lenin eram de Buryatia e por esse motivo teria alguns traços asiáticos, quem sabe….

 

Ulan-Ude: foto da cidade tirada da colina

Rua pedonal no centro de Ulan-Ude

Cabeça de Lenin maior do mundo no centro de Ulan-Ude

Escudos soviéticos ainda são presentes hoje em dia em Buryatia

Paisagens em Buryatia: um espaço muito y aberto…

 

Vladivostok

Realmente eu costumava pensar que Vladivostok não é nada mais do que um lugar onde termina a grande rota Transiberiana. Vladivostok para mim foi uma grande surpresa. Essa cidade mais moderna! Parece que a Europa foi deixada no Extremo Oriente, com vizinhos mais próximos da Coréia do Norte, China e Japão Vladivostok é uma cidade com ruas muito limpa, muitos parques e portos com navios e barcos. É uma pena que muito poucos estrangeiros visitam Vladivostok mas é compreensível porque as grandes cidades turísticas, como Pequim, Tóquio e Seul estão perto de Vladivostok e muitos não têm tempo para visitar.


Durante a era soviética Vladivostok era uma cidade fechada e para entrar você tinha que pedir permissão, mesmo se você fosse um cidadão da URSS. Mas a cidade se desenvolveu muito desde a desintegração da URSS. porto marítimo comercial, conexões aéreas e ferroviárias. Bem como outras regiões da Rússia e das proximidades da China e Japão têm proporcionado o desenvolvimento econômico em Vladivostok.


Em 2012 foram realizadas uma reunião da APEC (Cooperação Econômica Ásia-Pacífico) em Vladivostok em Russky Island (ilha russa). Por esta razão, uma nova cidade pequena foi construída na ilha russa e uma nova ponte entre a ilha e a cidade de Vladivostok. Hoje é a maior ponte estaiada do mundo. A cidade construída na ilha para a reunião da APEC hoje funciona como uma universidade que está a ter quatro faculdades

Centro de Vladivostok em um dia de outono.

Rua pedonal no centro da cidade.

Pequeno porto e a rua pedonal ao lado do oceano Pacífico.

Tem muitos portos pequenos em Vladivostok

Estação de comboio em Vladivostok

 

Um plano da via férrea transiberiana Moscou- Vladivostok


Aqui termina a via férrea transiberiana, distancia desde Moscou 9288 km

Por do sol em Vladivostok

O porto comercial de Vladivostok, a partir daqui os navios partem para o Japão

Maior ponte estaiada do mundo entre a ilha russa e Vladivostok. A foto é tirada da ilha russa

A praia na ilha russa

Paisagens na ilha russa

 

Contacte-nos se você quiser para viajar conosco pelo Trans - ferroviária da Sibéria para Pequim ou Vladivostok. Nosso e-mail em contactar-nos : jalo.loma@jalotours.com

Jalo Tours/Jalo Loma, Vetehisenkuja 9 A, 00530 Helsinki FINLAND, Phone + 358 9 735174, Fax + 358 9 735874,
E-mail: jalo.loma@jalotours.com, Skype - jalotours

Uudet kohteet seikkailunhaluisille!

Ukrainan Kiova, Puolan Warsova, Krakowa ja Gdansk, Armenian Jerevan, Georgian Tbilisi, Junalla Siperian halki Pekingiin tms. Kysy lisää!

Web Design Powered by Quick.Cart